Seja bem vindo ao nosso Galpão Virtual!

Mais oigalê tchê!

Como é bueno de fato
Os viventes viverem entreverados, tropeando Juntos na mesma direção.
É como um chuvisqueiro fino que, despejado pelo chucro minuano,
Vem rebenquear a aba do chapéu do tchê Arão,
que se arreia até a Barba, molhando as franjas do seu pala.
É como uma chuva mansa do cerro de Hermon,
Que serpenteia até as coxilhas de Sião

Porque ali, o Patrão Maior, ordenou a benção e a vida que hoje reponta toda a gauchada do oriente ao Ocidente, com a mesma devoção.

IIª Sessão a Campo - Uruguaiana/RS


O Grupo Tradicionalista Fraternidade Gaúcha é um órgão do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, para divulgação da cultura e tradições do Rio Grande junto à comunidade maçônica.

Fraternidade Gaúcha conduzindo a Sessão Farroupilha – Edição Litoral – À Galpão – Fechada – Linguajar Adaptado -Loja Anfitriã: Afonso Emílio Massot –  Xangri-lá/RS – 13 de Janeiro de 2020

 Fundação São João e Grupo Tradicionalista – Piquete Fraternidade Gaúcha – UMA PARCERIA DE MUITO FUTURO!

No dia dezoito de novembro de 2019, na sede da FSJ, o presidente Renato Dornelles, acompanhado dos Vice Presidentes de Relações institucionais, André Luís Moura e de Finanças, Tabajara Bregão, entregaram espaço que foi cedido ao Grupo Tradicionalista-Piquete Fraternidade Gaúcha, braço cultural do GORGS. Na ocasião o Primeiro Capaz Maxsoel Bastos de Freitas, representando o Patrão Paulo Ricardo Cremer, recebeu simbolicamente, a chave da sala destinada ao Piquete, que agora estará melhor acomodado com sua secretaria e local para reuniões.

NOTÍCIAS

Poesia Virtual

CONCURSO DE POESIAS DA LOJA MAÇÔNICA

GAÚCHOS TEMPLÁRIOS nº 527

JUSTIFICATIVA

Neste período de incertezas e provações pelos quais estamos atravessando, a Loja Maçônica Gaúchos Templários nº 527, única Loja Temática do Brasil, atendendo aos propósitos pelos quais foi criada e com o intuito de abraçar e congregar virtualmente seus obreiros, demais integrantes da Ordem e comunidade em geral, resolve promover e organizar, com o apoio do Piquete Fraternidade Gaúcha e do Grande Oriente do Rio Grande do Sul o presente Concurso de Poesias.

REGULAMENTO

Art.1º.  O Concurso de Poesias da Loja Maçônica Gaúchos Templários será dividido em três categorias a saber:

a) Para integrantes da Loja Maçônica Gaúchos Templários;

b) Para os Irmãos de Ordem, em atividade ou não, de todas as Potências Maçônicas reconhecidas;

c) Para a comunidade não maçônica, em geral.

Art.2º. Serão premiados com medalhas alusivas, com entrega em Sessão Aberta da Loja em data a ser aprazada, os Primeiros, Segundos e Terceiros lugares de cada categoria relacionadas no artigo anterior.

Parágrafo único: Os Primeiros Lugares das Categorias: b) Maçons e c) Não Maçons estarão automaticamente classificados para a 8ª TERTÚLIA MAÇÔNICA DA POESIA CRIOULA a realizar-se neste ano de 2020.

Art. 3º.  As poesias, de livre escolha em sua formatação (rima, métrica, etc…) terá como tema único: HUMANIDADE.

Paragrafo único: As poesias deverão ser inéditas.

Art. 4º.  Cada autor poderá inscrever número ilimitado de poesias, podendo classificar no máximo duas (2).

Art. 5°. O prazo de inscrições será até o dia 30 de abril, impreterivelmente.

Art. 6º. As inscrições deverão ser efetuadas através do e-mail: gauchostemplarios@gmail.com, com uma via do poema no formato PDF, e, em separado, um outro arquivo contendo o nome completo do autor, endereço completo, nome da Loja Maçônica e Potência (se for o caso) e telefone.  

Paragrafo único: O Poema que estiver com identificação do Poeta, no mesmo arquivo, estará desclassificado de forma automática.

Art. 7º. Os casos omissos no presente regulamento, bem como eventuais dúvidas surgidas durante a realização do evento, serão resolvidos pela Comissão Executiva.

Art. 8º. As deliberações da Comissão Avaliadora serão soberanas, não cabendo nenhuma contestação.

MAXSOEL BASTOS DE FREITAS

Venerável Mestre da Loja Maçônica Gaúchos Templários nº 527

LÉO RIBEIRO DE SOUZA

1º. Vice-Presidente do Piquete Fraternidade Gaúcha

(Coordenador da Tertúlia Maçônica)

CELITO CRISTÓFOLI

Grão-Mestre do Grande Oriente do Rio Grande do Sul 

Sessão Farroupilha – Edição Litoral – Xangri-lá/RS

Sessão Farroupilha – Edição Litoral – Xangri-lá/RS

No dia 13 de janeiro de 2020, a convite da ARLS Afonso Emílio Massot, o Fraternidade Gaúcha realizou a Sessão Ritualística à Galpão Fechada, com linguajar adaptado. Contou com o prestígio do Soberano Grão-Mestre Irmão Celito Cristofoli e do Sereníssimo Grão-Mestre Adj∴ Irmão Antônio Carlos Lampert, que estavam acompanhados pelos irmãos  Daniel Furtado – Ministro da Administração,  José Freitas de Oliveira Filho – Ministro das Finanças,  Patric Arend Luderitz – Ministro da Relações Públicas e o Irmão Alberto Ribeiro Delegado da 17ª RM.

Décima recitada em Capão da Canoa, Loja Coronel Afonso Emílio Massot

Autoria de Léo Ribeiro de Souza – Ocupando o cargo de Xirú das Falas nesta sessão (Orador)

Dia treze de janeiro,
guardai em vossa memória
pois vai ficar na história
esta reunião de Pedreiros.
São cinquenta e dois obreiros
que aqui se fazem presentes,
indiada flor de contente
igual lagarta na soja,
hermanos das Grandes Lojas
e nós do Grande Oriente.

Ao saber deste convite
da Loja Emilio Massot,
como dizia me vô:
– Me bateu um bom palpite.
Aqui está uma elite
dos maçons do meu Estado
e o Fraternidade, irmanado,
com esta gloriosa Oficina,
agradece pela estima
de ter sido convidado.

É gaudério o nosso rito
mas a Ordem é o nosso assunto.
Ao Grão-Mestre Adjunto
e ao Grão-Mestre Celito,
por esse gesto bonito
de acompanharem a Sessão,
vai a nossa gratidão
porque a maçonaria
tem mais força e mais valia
quanto é feita com união.

Queremos, também, saudar,
entre tantos convidados,
um obreiro dedicado
no maçônico labutar.
Está a nos prestigiar
nesta lendária Sessão
alguém que tem a missão
de zelar por nossa gente
qu’é o Renato, Presidente
da Fundação São João.

Por ser primeira Sessão
não teve ata a ser dita
pelo Agregado da Escrita
ficando pr’outra ocasião.
O Saco de proposição.
também se fez dispensado.
Não tendo chasques gravados
e nem chasque pra ser lido
ficamos com os bons fluídos
a todos nós emanados.

Outro momento divino
foi nossa hora de arte,
com estes três estandartes
do poema e o verso fino.
cantor Ricardo Tubino
aniversariante do dia,
Cândido na poesia
falando em nosso Brazão
e o Lúcio no violão
no costeio em harmonia.

O Trabalho apresentado
pelo nosso irmão André
nos mostrou quem foi, quem é
Emilio Massot, o soldado.
Com certeza seu legado.
seguirá, não foi em vão
porque aqui seus irmãos
eternizaram este homem
ao adotar o seu nome
para a Loja de Capão.

O Tronco de Beneficência
fez seu giro e foi selado,
mas o Castilhos, ao meu lado
me falou em confidência:
– Cento e quarenta e um e cinquenta.
Segue a lida na sequência
e o primeiro malhete
nosso patrão do Piquete
pela fome que se agrava
disse ceder a palavra
só na hora do banquete.

Ouvimos com atenção
dois líderes se pronunciando:
Venerável Luis Fernando
e o Vaqueano Patrão.
Prosearam com emoção
com alma e com sentimento
foram lindos estes momentos
e que sirvam de sementes
aqui e, principalmente,
quando sairmos do templo.

Era isso, meus Irmãos,
saúde, bom ano novo
quero rever este povo
por aqui, n’outro verão.
Aí eu trago “uns calção”
e cruzo este mar a nado,
de cachorrinho, ou braceado,
pois como diz o gaúcho:
– Isto é um sangão com repuxo,
é um lagoão salgado!

Está findado, Patrão,
já é quase meia-noite.
Antes que a lua se amoite
e o sol clareie o rincão
vamos fechando o galpão
pedindo a Estrela Sagrada
que ilumine nossa estrada
Tudo está justo e perfeito
a lida foi a preceito
podendo ser encerrada.

CONFIRA ABAIXO AS IMAGENS E VÍDEOS DA SESSÃO

Posse do Grão-Mestrado do GORGS

Posse do Grão-Mestrado do GORGS

Em um evento grandioso, com mais de 400 convidados que superlotaram o Templo Nobre “Caldas Júnior”, no Palácio Maçônico do GORGS (Jerônimo Coelho, 116), muitos momentos foram marcantes, coroando a noite de São João, padroeiro da Ordem Maçônica. ler mais…

Apoiadores Culturais

Curta nossa página no Facebook Clique aqui:

Ouça a Rádio Gorgs