Seja bem vindo ao nosso Galpão Virtual!

Mais oigalê tchê!

Como é bueno de fato
Os viventes viverem entreverados, tropeando Juntos na mesma direção.
É como um chuvisqueiro fino que, despejado pelo chucro minuano,
Vem rebenquear a aba do chapéu do tchê Arão,
que se arreia até a Barba, molhando as franjas do seu pala.
É como uma chuva mansa do cerro de Hermon,
Que serpenteia até as coxilhas de Sião

Porque ali, o Patrão Maior, ordenou a benção e a vida que hoje reponta toda a gauchada do oriente ao Ocidente, com a mesma devoção.

IIª Sessão a Campo - Uruguaiana/RS


O Grupo Tradicionalista Fraternidade Gaúcha é um órgão do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, para divulgação da cultura e tradições do Rio Grande junto à comunidade maçônica.

Cerimônia relembra primórdios da Maçonaria gaúcha

Sessão conjunta foi realizada “a campo”: iluminação com fogo, sons da natureza e abóboda celeste natural encantaram os visitantes
Na sexta-feira, dia 12 de abril, foi realizada a 2ª edição da Sessão a Campo, com iniciativa e organização do Piquete Fraternidade Gaúcha, do GORGS, e as Lojas “Gaúchos Templários” nº 527, de Porto Alegre, e “Cruzeiro do Sul 2ª” n° 339, de Uruguaiana, ambas do GORGS. Desde o planejamento até a realização, todos os detalhes foram pensados para proporcionar uma experiência diferenciada, nova para muitos Maçons, resgatando a maneira como os antepassados realizavam seus encontros nas noites do pampa, à luz das estrelas, iluminados pela lua e pelos candeeiros.E no caminho percorrido para ingressar no Templo rústico, delimitado por cordas e moirões, era o fogo que indicava a porta principal. Os peões do Piquete Fraternidade Gaúcha eram os guardiões de cada Irmão presente, assegurando que todos os 80 visitantes estivessem acomodados para, somente assim, abancarem-se em seus lugares. Ao ingressar, todos admiravam-se com as colunas principais, feitas com troncos serrados no local e erguidos com a força de três homens cada um. Acima, as romãs eram naturais, colhidas em local próximo. O comando da reunião coube ao Venerável-Mestre da “Gaúchos Templários”, Léo Ribeiro de Souza. Ao seu lado, o Grão-Mestre do GORGS e presidente da COMAB Tadeu Pedro Drago, o Venerável-Mestre da “Cruzeiro do Sul 2ª” Sidney Wieczorek Júnior, e o Grão-Mestre Adjunto Osleno Wanderley dos Santos Heberlê.Presentes ao encontro o Patrão do Piquete Fraternidade Gaúcha Paulo Ricardo Cremer dos Reis, o Venerável-Mestre da Loja “Jayme Tarragô” n° 338, de Uruguaiana, Paulo Magirena, o Venerável-Mestre da Loja “Filantropia e Progresso Itaquiense” n° 205, de Itaqui, Augusto Gomes Canabarro (ambas do GORGS), o Venerável-Mestre da Loja “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, de Uruguaiana, Cláudio Sano (GLMERGS), e o Venerável-Mestre da Loja “Verdade Maçônica”, de Uruguaiana (GOB) Ricardo Simões. Representadas ainda as Lojas “Heráclito Soares Leães”, de Uruguaiana, “Fraternidade Sumariense”, de Sumaré, SP , e “Lázaro Luis Zamenhof”, de Brasília, DF, as três jurisdicionadas ao GOB. Na abertura dos trabalhos, foi empossado o novo delegado da 11ª Região Maçônica, Irmão Cláudio Tavares Leães.Latidos ao longe, grilos, corujas, sapos… Os sons da natureza somavam-se à trilha escolhida pelo mestre-de-harmonia Jaime Ribeiro, que se apresentou ao violão, ao lado do Irmão Fabiano Fonseca, com a gaita, animando a noite com a boa música campeira. Ainda na invernada artística, o Irmão Hermeto Silva apresentou trabalho sobre a participação da Maçonaria da Revolução Farroupilha, desde sua idealização até o desfecho no Ponche Verde, há 174 anos. Na sequência, o Irmão Cleber Soares realizou um número ao saxofone, fechando a invernada com belos e suaves acordes.O orador José Alberto Leal falou sobre as características e funções do fogo e sua representatividade na tradição gaúcha e na vida do homem do campo. Enquanto isso, o mestre-de-cerimônias Maxsoel Bastos de Freitas acendia uma chama crioula no centro do Templo, que, em seguida, iluminava a bandeira do Rio Grande do Sul, em momento de grande emoção, quando todos, em pé e com reverência, entoaram o hino gaúcho. O orador também destacou a relação do município de Uruguaiana com a história do RS e da Guerra dos Farrapos. A cidade foi a única fundada na república Rio-grandense e sua localização foi definida pelo General Davi Canabarro.Destacando os detalhes daquele cenário que parecia a descrição de um livro de história sobre a Maçonaria Farroupilha, o Grão-Mestre Tadeu Pedro Drago dirigiu-se aos presentes agradecendo a acolhida e a todos que tornaram possível aquela memorável Sessão a Campo, frisando o trabalho de organização e logística. Acentuou que “Hoje, reverenciamos os Maçons farroupilhas que durante o decênio heroico da Guerra dos Farrapos trabalhavam em suas Lojas itinerantes. Certamente se reuniam num local como este, ou numa tapera, com o mesmo espírito desta noite, apenas sem os utensílios e requintes com que prestamos esta homenagem”. O Grão-Mestre também presenteou o Venerável-Mestre Sidney Wieczorek com a estatueta da Tertúlia Maçônica. O Irmão Sidney agradeceu e saudou a todos os visitantes, dizendo-se muito feliz com a realização da sessão e que espera ainda vivenciar novamente momentos como aqueles. Na sequência, o Irmão Léo Ribeiro lembrou o Maçom Davi Canabarro que, como Comandante da Fronteira, escolheu o lugar onde, em 1843, foi fundada Uruguaiana. Lembrou ainda da tradição da cidade em formar grandes cidadãos que contribuem para a sociedade gaúcha: “Uruguaiana é um berço histórico dos farrapos e a única cidade originária do movimento Farroupilha”.O encerramento da sessão não desmobilizou os convidados, que passaram a ocupar um salão de festas próximo ao local da reunião para apreciar um churrasco, na melhor tradição gaúcha, momento em que a alegria continuou com a apresentação musical dos Irmãos Jaime Ribeiro e Fabiano Fonseca, adentrando a madrugada.PARA VER MAIS IMAGENS DA SESSÃO, CLIQUE NA IMAGEM ACIMA.

NOTÍCIAS

AGENDA – RESERVA DE ESPAÇO GALPÃO 2018

AGENDA – RESERVA DE ESPAÇO GALPÃO 2018

Para reservas de espaço no Galpão do Fraternidade Gaúcha no Parque Harmonia, as lojas deverão enviar solicitação para o e-mail contato@fraternidadegaucha.com.br, indicando dia, horário e número de pessoas para a janta ou almoço. Também deverá ser informado o nome e telefone de contato do responsável.

ler mais…

Apoiadores Culturais

Curta nossa página no Facebook Clique aqui:

Ouça a Rádio Gorgs